quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Como doar parte do imposto de renda para ações sociais?

O Imposto de Renda é uma das obrigações mais importantes ara o cidadão brasileiro e deve ser corretamente cumprido. Muita gente não sabe como funciona o imposto, nem os recursos que podem estar envolvidos. Por exemplo, você sabia que pode doar parte do IR para ações sociais? Saiba mais a seguir.

O que é o IR?

O Imposto de Renda é uma declaração muito importante que deve ser realizada anualmente. O imposto de divide em duas categorias, sendo elas para pessoa física, o IRPF, e o para empresas, o IRPJ.

De acordo com o regulamento do imposto, é obrigado a declarar o Imposto de Renda 2019 quem:
  • Quem obteve no último ano rendimentos superiores a R$ 28.559,70 por intermédio de aluguéis, vendas, pensões, entre outros;
  • Quem possuía, em 31 de dezembro de 2018, bens materiais, imóveis ou veículos acima de R$ 300 mil;
  • Quem obteve algum tipo de ganho através da venda de carros, imóveis ou outros bens;
  • Quem obteve receita bruta através de atividade rural acima de R$ 142.798,50.
Vale lembrar também que existe um prazo para declarar e pagar o imposto e o não cumprimento pode gerar várias consequências, por isso é necessário ficar atento às datas!

Como doar para ações sociais?

Como você já deve ter percebido, declarar e cumprir com o IR é muito importante e o melhor, é que você utilizar uma porcentagem desse valor para ajudar uma causa sem pagar nada a mais por isso. Os contribuintes podem doar para programas sociais como escolas de música clássica e subsídio de livros para escolas púbicas. Há muitas possibilidades de aplicar a sua doação!

Para realizar a simulação Imposto de Renda e destinar o valor para a doação, é preciso que você entre na página do IR ou baixe o aplicativo no seu celular e faça a simulação das taxas.

Até o dia 29 de dezembro, o contribuinte pessoa física pode destinar até 6% do seu imposto de renda para a doação. Para pessoa jurídica, a porcentagem de doação é de até 1% do valor do imposto.


Infelizmente esta ação ainda não é tão conhecida, porém muitos contribuintes já estão participando da inciativa. Para contribuir, é necessário primeiro estar de acordo com o IR e pagar o valor dentro do calendário estabelecido. Ou seja, sem atrasos no imposto!

Também é necessário que você faça a declaração completa, para que nenhum valor seja omitido. Depois, basta comprovar a doação para a Receita Federal e ela será descontada da declaração anual.

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

5 Principais Dúvidas Sobre o Pagamento do IPVA

O IPVA corresponde ao Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores e é cobrado anualmente de todos os proprietários de veículos no Brasil. Este imposto sempre acaba levantando muitas dúvidas para os novos motoristas e até para os que dirigem há muito tempo.


Confira abaixo as 5 principais dúvidas sobre o pagamento do IPVA e fique por dentro do assunto:

1. O IPVA é obrigatório?

Sim, o IPVA é um dos impostos obrigatórios cobrados de proprietários de veículos do Brasil e não pagá-lo gera consequências que podem causar muita dor de cabeça!

Por isso, você deve estar atento à divulgação das informações do IPVA MG ou o imposto da sua região. Para os próximos meses, verifique o IPVA 2019 GO ou IPVA 2019 DF.

Como calcular o valor do imposto?

Para calcular o valor do imposto a ser pago, você deve levar em consideração o modelo do seu veículo e verificar a tabela com o valor venal do veículo fornecida pela Secretária da Fazenda.

Outro ponto que deve ser levar em consideração é que a porcentagem do IPVA é diferente para cada estado. São Paulo , por exemplo, tem um dos valores mais altos para este imposto.

Como realizar o pagamento?

As regras de pagamento podem variar de região para região. Em alguns estados, é oferecido um desconto para quem paga à vista. É oferecida também a opção de dividir o valor em três parcelas. Para solicitar esta forma de pagamento é preciso estar atento aos prazos estabelecidos oficialmente.

Depois de selecionar a forma de pagamento, basta se dirigir a uma agência bancária ou Casa Lotérica com o boleto do IPVA e efetuar a quitação.

E se eu não realizar o pagamento?

Como mencionamos, o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores é de pagamento obrigatório, então quem não pagar a taxa fica sujeito a cobrança de multas por parte do DETRAN e dos órgãos responsáveis.

Sem contar que, o não pagamento do imposto acrescenta uma porcentagem de juros ao boleto do IPVA. Quem não cumpre a quitação dentro do prazo, precisa gerar um novo boleto com valores corrigidos pelo acréscimo de juros.

É possível solicitar o licenciamento do carro sem pagar o IPVA?

Como você deve saber, o licenciamento do veículo é obrigatório. O licenciamento certifica que o automóvel está em condições regulares com o DETRAN. Sem este documento, você não pode circular legalmente nas ruas, e caso seja autuado nesta situação, você estará sujeito à multas e o seu veículo pode ser apreendido.

Sem o pagamento do IPVA e dos impostos obrigatórios, não é possível solicitar o licenciamento do seu automóvel. Portanto, para não acabar com pendências com o DETRAN é preciso quitar a taxa do IPVA.

terça-feira, 24 de julho de 2018

O que são os cursos profissionalizantes? Vale a pena?

O que levar em consideração na hora de pensar na sua formação educacional? Para saber qual a melhor opção para você é preciso conhecer diversas possibilidades e assim, decidir o que encaixará melhor no seu perfil acadêmico. Se você já julgou viável ingressar em um curso profissionalizante, mas ainda não tem certeza se valerá a pena, continue lendo para descobrir.

Cursos Profissionalizes

Os Cursos Profissionalizantes são conhecidos por sua carga horária, que é inferior a duração de uma graduação. Existem três opções de ensino para quem se interessa por esse tipo de capacitação: os cursos livres, os técnicos e os tecnólogos.

Os Cursos livres são profissionalizantes de aprimoramento ou ainda, atualização em áreas específicas. Se por alguma razão você ainda não completou o ensino médio, saiba que você ainda pode ingressar em um curso livre e dar um direcionamento para sua carreira.

Os Cursos Técnicos se diferenciam da modalidade livre, pois exigem escolaridade mínima, ou seja, é preciso concluir o ensino médio para receber o diploma. O curso técnico geralmente tem duração de um a dois anos e por é isso torna-se ideal para quem precisa ingressar rapidamente no mercado de trabalho.

Já os Cursos Tecnológicos podem ser cursados somente por quem já concluiu o ensino médio. O curso geralmente é concluído em cerca de dois anos. É uma boa opção para quem quer se especializar em áreas que estão em alta no mercado.

Vantagens do Curso

Curta duração

Uma das maiores vantagens dos cursos profissionalizantes sobre a graduação é a carga horária. Em média de dois anos você estará apto para exercer diversas funções no ramo que for mais viável para o seu perfil profissional.

Custo acessível ou gratuito

O que impede muitas pessoas de se capacitarem é o alto custo das graduações. Para quem opta por um curso profissionalizante, esse custo é muito menor.

Em outros casos, o custo pode ser zero. Existem muitas oportunidades de cursos gratuitos  em diversas instituições. Basta se inscrever nas vagas ofertadas.

Capacitação intensa

Qualquer uma das modalidades dos cursos profissionalizantes dispõem de formação específica e estão ligadas diretamente às necessidades do mercado de trabalho.

Mercado de trabalho

Todas as vantagens acima acabam influenciando na hora de seguir uma profissão. Com os cursos de curta duração, logo você estará capacitado para trabalhar. Os cursos são pensados levando em consideração a demanda do mercado atual, então as chances de estar empregado na sua área são maiores.

Os benefícios dos cursos profissionalizantes nos levam a concluir que vale a pena sim optar por este tipo de formação.

quarta-feira, 9 de maio de 2018

5 Aplicativos incríveis para facilitar sua vida

O uso do smarthphone se tornou corriqueiro em nossa vida. Conexão com a Internet durante 24 horas é uma constante. Se vai acontecer então é melhor tirar proveito por meio de bons aplicativos para ajudar na organização e facilitar a vida ainda mais com tecnologia. Confira mais a seguir.

Dicas de aplicativos para facilitar sua vida

Não podemos ignorar a presença dos smarthphones em nossa vida. O mais indicado então é se juntar a eles e fazer uso dos bons aplicativos com poder de ajudar a melhorar a rotina diária. Quais são eles? Confira cinco sugestões a seguir. 

Da Receita Federal O órgão público de fiscalização de impostos e recolhimento de tributos pode ser acessado e consultado virtualmente. Esqueça filas e preenchimento de longos formulários. Para declarar imposto de renda e acompanhar o envio do IRPF 2019 é só instalar o aplicativo gratuito. 

Através do aplicativo é possível consultar muitas informações além do imposto de renda. Um bom exemplo é o nome de uma empresa através da numeração do CNPJ e assim saber se está lidando com uma empresa real ou uma farsante.

Da Caixa Econômica Federal  Quem joga na loteria pode se informar de todos os resultados por ele sem sair de casa. Já os trabalhadores com FGTS podem consultar por meio do aplicativo também. O seu funcionamento independe do usuário ser cliente da Caixa ou não. 


Google Drive  Em algum momento você vai sofrer por ter perdidos todos os arquivos quando o celular quebrou ou foi vendido. Pode ainda reclamar porque queria uma foto do seu computador no celular ou abrir um arquivo em outro lugar criado na nuvem. O Google Drive é a solução.

O HD virtual pode receber todos os tipos de arquivo com até 15 gigas de espaço gratuitamente. Ele pode ser aberto no computador, tablets e todo tipo de eletrônico com acesso à internet. Fácil de usar, recebe arquivos em vídeo e áudio, fotos.

Wase / Move it Se você anda de ônibus precisa do Move it para não sair de casa ou ir para a parada de ônibus antes do tempo necessário. Basta consultar de acordo com a numeração da parada quais as próximas linhas que vão passar. A informação é enviada através do GPS das linhas de transporte e funciona na maior parte das cidades brasileiras.

Se seu meio de transporte principal é o carro precisa do Wase. Ele informa rotas e de acordo com outros usuários você pode se informar sobre buracos na vida, acidentes e blitz. Como GPS é o mais atualizado do mercado e totalmente gratuito.

Whatsapp  Não, o whatsapp não vem instalado no smarthphone e faz parte dele automaticamente. Parece, não é? Muita gente não consegue imaginar o domínio produtivo de um celular sem ele. Tão popular que algumas operadoras não cobram no plano de dados por ele.

O bate papo mais famoso do mundo faz de tudo um pouco. Recebe e envia mensagens de texto, de voz, vídeo, compartilha fotos, documentos e oferece chamadas em vídeo. Todo tipo de comunicação é suprido por ele.